2007/04/25

Mestrado em BIM


Irá realizar-se no próximo ano lectivo um Mestrado em Projecto Digital no Pólo de Viseu da Universidade Católica Portuguesa.

O mestrado em Projecto Digital tem por objectivo criar especialistas com fundamentos teóricos e conhecimentos práticos em gestão de bases de dados tridimensionais – Edifício Virtual-BIM, Programação e Comunicação Multimédia, como ferramentas fundamentais a serem utilizadas na prática projectual.

O curso de mestrado é constituído por uma parte curricular, durante dois semestres lectivos, constituida por 3 módulos, e pela elaboração de uma dissertação, a apresentar e defender publicamente.

Módulo I - Modelação da Informação do Edifício Virtual - BIM
Módulo II – Programação e Computação para a Arquitectura
Módulo III - Comunicação e Multimédia

Como coordenador adjunto, a minha opinião será um pouco suspeita.
No entanto, considero este mestrado bastante interessante, uma vez que comporta uma componente prática passível de melhorar substancialmente os procedimentos projectuais.

Fica aqui o programa resumido, ou então aqui o programa completo.

7 comentários:

arq.rfernandes@gmail.com disse...

Parabéns pela iniciativa. Se me permitem, uma pequeníssima crítica (construtiva):

1 - Não percam muito tempo, durante a formação, com o AutoBAD. Digam apenas q esse software é extremamente útil para preparar as bases (existentes) dos projectos BIM.

2 - O mesmo digo relativamente ao LISP. Mais vale investirem um pouquinho mais na fabricação de objectos (bibliotecas), GDL ou Maxonform do q na linguagem do AutoBAD. Em BIM não faz muito sentido falar de CAD ... (é a minha humilde opinião).

3 - O mestrado está orientado para um determinado software BIM (ArchiCAD). Ainda bem q assim o é. Outros softwares q arranjem mestrados noutras escolas. No entanto, será bastante enriquecedor q os formandos venham a ter conhecimentos mais alargados sobre as diversas ferramentas BIM disponíveis.

4 - Tentem estabelecer as conexões de BIM com o mundo ligado às indústrias AEC. Estou a referir às ligações q podemos estabelecer entre BIM e os programas de quantity takeoff e a mais valia q isso pode trazer a essa indústria.

Votos de sucessos
rf

Rui disse...

Fantástico... Parabéns.

Só uma pergunta:
Será possível atender a este mestrado através, ou por, e-learning ?

Miguel Krippahl disse...

Não. É um mestrado com uma fortíssima componente prática, pelo que exige presença.

Mas Viseu tem bons acessos, e a parte lectiva será 6.ªfeiras à tarde e sábados todo o dia.

Paulo Santos disse...

Ótimo programa de mestrado!
Qual é a ênfase que vai ser dada em GDL?...

Miguel Krippahl disse...

Paulo

No âmbito do BIM, no módulo avançado do ArchiCAD, estou esperançado em ter uma aula (apenas) de GDL.

Não quero assutar os alunos, mas apenas que fiquem com uma noção da existência e potencialidades desta linguagem, e com os links e contactos necessários (DNC e respectivos cookbooks) para prosseguir os estudos, caso desejem.

MK

Adriano Sales disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ludmila disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.